Covid-19 – Plano de Desconfinamento 3.ª Fase | 19 de abril de 2021

Home > Notícias > Covid-19 – Plano de Desconfinamento 3.ª Fase | 19 de abril de 2021
19 de Abril, 2021

As medidas de confinamento utilizadas para o combate à pandemia COVID-19 estão a ser determinantes para salvar vidas.

No entanto, também é verdade que estão a condicionar a normalidade das nossas vidas, não só porque implicam fortes restrições a direitos e liberdades que sempre demos como garantidos, como a liberdade de circulação ou de reunião, mas também porque estão a ser exigidos grandes sacrifícios da parte dos nossos empresários e empresas.

No mês de março, o governo começou a implementar um alívio gradual dessas medidas, que está a ser avaliado de 15 em 15 dias, consoante a evolução do estado da pandemia.

Hoje, dia 19 de abril, inicia-se a 3.ª fase desse plano, com medidas ajustadas ao nível de risco de cada concelho. Assim, a partir de hoje, retoma-se o ensino presencial para todos os alunos do ensino secundário e superior, em todo o território continental. No caso dos concelhos, cuja taxa de incidência de casos de COVID-19 é inferior a 120 casos por 100 mil habitantes, como é o caso do Município de Gouveia, permite-se a abertura de todas as lojas e centros comerciais; a abertura de restaurantes, cafés e pastelarias até às 22h30 nos dias de semana e até às 13h00, nos fins de semana e feriados; abrem os cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos; as lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação; passa a ser possível realizar modalidades desportivas de médio risco; praticar atividade física ao ar livre até 6 pessoas; realizar eventos exteriores com lotação de 5 pessoas por 100 m2; realizar casamentos e batizados com 25% de lotação.

É certo que todos gostaríamos de voltar rapidamente à normalidade, mas é muito importante que esse regresso seja lento e gradual para que seja definitivo.

O não retrocesso do levantamento das medidas de confinamento depende de todos, pelo que é imprescindível que continuemos a seguir as medidas de proteção a que já nos fomos habituando, como a utilização de equipamentos de proteção individual, o distanciamento físico, a higienização regular do lar ou do local de trabalho, a higienização das mãos, a etiqueta respiratória e a prática do dever de recolhimento domiciliário.

👉 Seja responsável. Proteja-se a si e aos outros.