Município de Gouveia associa-se à Hora do Planeta 

 

A Câmara Municipal de Gouveia vai aderir no próximo dia 30 de março à Hora do Planeta.

A autarquia gouveense volta a associar-se a esta iniciativa, promovida pela organização global de conservação da natureza World Wildlife Found (WWF), numa altura em que cada vez mais, as alterações climáticas são uma questão incontornável da atualidade e é primordial aumentar a consciencialização para os problemas ambientais cada vez mais frequentes. Assim, no dia 30 de março, das 20:30 horas às 21:30 horas, a autarquia compromete-se a desligar as luzes do Edifício dos Paços do Concelho durante 60 minutos. O município compromete-se, ainda, em 2019, no âmbito do conceito “ir mais além da hora”, a dar continuidade ao procedimento de substituição da iluminação tradicional por iluminação energicamente mais eficiente (Led) quer na iluminação pública, quer em edifícios públicos que forem sendo intervencionados. É neste contexto de preocupação, mas também de sensibilização dos cidadãos, despertar de consciências e mudança comportamental, que o município volta a aderir à Hora do Planeta, sendo esta a maior ação do género à escala mundial, que teve o seu início na Austrália, mas percorre todo o globo terrestre. A autarquia apela a todos os munícipes que participem nesta ação simbólica, desligando as luzes durante 60 minutos neste dia, de forma a travar as alterações climáticas, que provocam fenómenos extremos mais frequentes, como chuvas intensas, ondas de calor e de frio, além do degelo e subida do nível do mar. Entre os hábitos que devem ser mudados estão a poupança de água, a utilização de transportes públicos, para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, ou a escolha de alimentos produzidos mais perto do local de consumo, assim como a diminuição do lixo produzido, encaminhando para a reciclagem todos os materiais que for possível.